Ciências Econômicas e Comércio Internacional



Apresentação 

O curso de economia e comércio internacional da PUC-SP segue o grande movimento das universidades dos países desenvolvidos na formação intelectual e profissional, a multidisciplinaridade. O conteúdo do curso é construído não apenas pela teoria econômica, mas também por duas outras duas áreas do conhecimento, política e direito, em suas dimensões nacional e internacional.

Os conteúdos de economia, política e direito internacionais propiciam ao economista sólida formação para atuar em atividades globalizadas, nas organizações públicas e privadas, ou para empreender negócios. Os conteúdos de métodos quantitativos, por sua vez, agregam ao profissional um significativo diferencial competitivo.
 
Formas de Ingresso 
  • Processo seletivo por meio de exame vestibular aberto a candidatos que tenham concluído o ensino médio ou equivalente;
  • Processo seletivo específico para portadores de diploma de graduação, sob condição de existência de vagas abertas pela Faculdade, obedecendo ao calendário da Universidade;
  • Matrícula por transferência sob a condição de existência de vaga, obedecendo ao calendário da Universidade ;
  • Prouni, obedecendo ao calendário da Universidade;
  • Reopção de curso, aberta pela Faculdade, obedecendo ao calendário da Universidade.
 
Gestão 
O curso de economia e comércio internacional faz parte do departamento de economia e portanto, da faculdade de economia, administração, contabilidade e atuária (FEA). Conta com um coordenador e um vice-coordenador. Subordina-se ao departamento de economia.

Os coordenadores e chefe de departamento são eleitos pelos alunos, professores e funcionários. Os professores se reúnem regularmente para discutir e decidir as diretrizes no âmbito do departamento e da câmara da FEA.

As faculdades são compostas por departamentos, cursos de graduação, programas de pós-graduação stricto sensu e lato sensu, cursos e atividades de educação continuada, unidades suplementares e núcleos extensionistas.
Corpo Docente 

Antonio Carlos Alves dos Santos  

Titulação:

Anos de Casa: 28 anos e 7 meses.

Tempo de Trabalho: 26 anos e 7 meses.

Disciplinas: Economia da proteção comercial
Optativa - crise européia: diferentes aspectos e impactos sobre o cenário nacional e internacional

Acessar Curriculo

Joao Ildebrando Bocchi  

Titulação:

Anos de Casa: 29 anos e 7 meses.

Tempo de Trabalho: 29 anos e 7 meses.

Disciplinas: Monografia ii/iii

Acessar Curriculo

Jose Nicolau Pompeo  

Titulação:

Anos de Casa: 20 anos e 2 meses.

Tempo de Trabalho: 18 anos e 0 meses.

Disciplinas: Laboratório de informática i

Acessar Curriculo

Ricardo Carlos Gaspar  

Titulação:

Anos de Casa: 32 anos e 7 meses.

Tempo de Trabalho: 30 anos e 7 meses.

Disciplinas: Monografia ii/iii

Acessar Curriculo

Laboratórios 
O curso conta com uma estrutura de laboratórios de informática administrada pela Divisão de Tecnologia da Informação (DTI) da PUC-SP. Com um total de 31 laboratórios de informática, divididos entre os campi Marques de Paranaguá (8), Monte Alegre (19) , Santana (2), Barueri (1) e Sorocaba (1), todos conectados em rede à uma velocidade de 100Mps.

Esses mais de 1000 computadores integram os cerca de 2300 computadores da grande rede PUCSPNet, totalmente conectada à Internet, onde utilizamos um link principal de acesso com velocidade de 1Gbps.

Contamos ainda com uma política de licenciamento de software através de programas educacionais e parcerias com empresas como IBM (IBM Rational), Microsoft (MSDN Academic Alliance), CorelDraw, Adobe (Flash, Dreamweaver, InDesign, Photoshop, Director),  além de softwares específicos como Vue, Cinema 4D, SPSS, SolidWorks, entre outros.
Avaliação do aluno 
  • Nota mínima de cinco (entre zero e dez).
  • Mínimo de 75% de freqüência nas horas-atividades programadas para cada disciplina. A falta de freqüência ou nota insuficiente resultará na reprovação integral do aluno na disciplina. 
As avaliações compreendem provas individuais dissertativas, seminários, atividades em grupos, exercícios realizados durante aulas, trabalhos dissertativos, entre outros. As características das disciplinas determinam a forma de avaliação.
TCC 
O trabalho de conclusão de curso é denominado monografia. A monografia é obrigatória na formação do economista, instituída pelas diretrizes curriculares do MEC para o curso de ciências econômicas. É um instrumento privilegiado na formação profissional do economista, pois propicia a construção das relações entre os saberes das várias disciplinas, experiência na coleta, organização e análise da informação, treino na produção de textos científicos e aprofundamento no conhecimento do tema escolhido pelo aluno.

O departamento de economia da PUC-SP atribui grande valor à monografia, designando um professor orientador nos mesmos moldes dos cursos de mestrado e doutorado e reservando quatro semestres para a realização do trabalho. A monografia é elaborada de acordo com método científico e observância da ética em pesquisa.

A experiência com a elaboração da monografia tem sido um grande diferencial para os alunos durante os processos seletivos.
Atividades de formação 

As atividades complementares constituem componentes curriculares enriquecedores da formação do aluno que não se confundem com aulas ou com o estágio curricular supervisionado. Objetivam:

  • contemplar as transformações tecnológicas e sociais do meio circundante, a fim de complementar e atualizar a formação;
  • enfatizar a relação da teoria com a prática, sobretudo com os modelos de desenvolvimento econômico implementados no país e no exterior, com o mundo do trabalho, com ações sociais, entre outras.
  • abranger o ensino, a pesquisa e a extensão;
  • estimular, tanto quanto possível, as atividades coletivas.
A universidade promove regularmente palestras, cursos, seminários, ação social, filmes, teatro, entre outras atividades como oportunidade de realização de atividades complementares.

Importante: Para a conclusão do curso são necessárias 450 horas, ou os alunos estarão impedidos de obter a diplomação.
Estágio curricular 
Não é uma atividade obrigatória para o curso de Ciências Econômicas e Comércio Internacional. Entretanto, a coordenação do curso orienta os alunos interessados em estagiar e auxilia a Coordenadoria Geral de Estágios da Universidade, responsável pela contratação formal do aluno. 
 
Os estágios devem ser adequados ao currículo do curso e serão autorizados apenas a partir do terceiro semestre. Casos especiais que contrariem estas normas serão avaliados pelo coordenador do curso.
 
A Coordenadoria Geral de Estágios (CGE) atua ativamente na promoção e supervisão dos estágios para os alunos na universidade, que não encontram dificuldades em exercer a atividade. Grande parte dos alunos do curso de Economia e Comércio Internacional realizam seus estágios em Baruerí e região.
Grade Curricular 
Campus Monte Alegre
Selecione o período:
Mensalidades 
A Universidade adota o Regime Financeiro semestral ou anual de cobrança, de acordo com o Projeto Pedagógico do curso, sendo a semestralidade ou anuidade paga em até 06 (seis) ou em até 12 (doze) parcelas mensais sucessivas, conforme o caso.
 
O cálculo das mensalidades é feito com base em todas as atividades (disciplinas e outros componentes curriculares) relativas a cada período letivo do curso, de acordo com seu Projeto Pedagógico.

Valor da mensalidade
O Edital de Mensalidades é publicado nos quadros de aviso da Universidade e os valores de cada curso são calculados com base nas atividades pedagógicas previstas.

Aproveitamento de Estudos
O estudante que ingressar através do processo de Transferência ou pelo processo de Portador de Diploma e tiver aproveitamento de estudos e/ou adaptação curricular, realizará a matricula nas atividades pedagógicas de acordo com o plano de estudos elaborado pela coordenação do curso.

Reajustes de mensalidades
Os valores das mensalidades estão sujeitos aos reajustes conforme Contrato de Prestação de Serviços Educacionais.

Data do vencimento
A data de vencimento de cada mensalidade ocorrerá sempre no dia 5 (cinco) de cada mês.

Pagamento
Os pagamentos efetuados até o dia 1º do mês serão - por mera liberalidade - objetos de um desconto por antecipação, conforme discriminado no boleto. Este desconto pode ser suspenso sem prévio aviso.
Reconhecimento 

Portaria nº 489, de 20/12/2122

Duração 
Duração
4,5 anos (9 semestres)
Competência e habilidades 
  • Solução de problemas e produção de inovações no campo da economia nacional e internacional.
  • Organização da informação e produção de conhecimento relevante para os governos, organizações e sociedade.
  • Condutas éticas e socialmente responsáveis.
  • Organização e coordenação de áreas de economia nas organizações.
  • Eficiência no trabalho em equipe.
Áreas de atuação 

A sólida formação do economista em teoria econômica, métodos quantitativos e de pesquisa, história, política e direito propicia ao economista amplo espaço de atuação nas organizações, em particular, nas áreas internacionais e de produção de informação.

Funções
Nas organizações privadas:

  • pesquisador de informações e análise para as estratégias empresariais.
  • gestor de áreas de pesquisa e estratégia
  • empreendedor do próprio negócio
  • assessor para temas econômicos e políticos
Na administração pública
  • pesquisador e formulador de políticas públicas.
  • gestor de políticas públicas
  • assessor para assuntos econômicos e políticos

 

Vagas turnos e campi 
Histórico 
O curso de economia e comércio internacional foi iniciativa pioneira de professores do departamento de economia da PUC-SP, instituído em 2008. Em 2011, antes de formar a primeira turma, foi avaliado com nota quatro pelo MEC.

Atualmente, o curso é referência na formação em economia internacional. Conta com turmas de 15 a 20 alunos em sala, 83 professores (no departamento de economia), a grande maioria doutores (os demais são mestres). A primeira turma de economistas formou-se em 2012, todos os alunos estão em atividades profissionais promissoras no Brasil e no exterior. Os graduandos, por sua vez, encontram facilidade em intercâmbios com outras universidades e na obtenção de estágios.
Objetivos 

Formar economistas para:

  • atuar nas organizações públicas e privadas, no Brasil e no exterior;
  • empreender negócios próprios;
  • seguir carreira de pesquisador e professor em instituições de ensino superior;
  • seguir carreira política
Grau 
Bacharelado
Regime de matrícula 
Semestre
Modalidade 
Presencial
Coordenação 
Contato 

Profa. Dra.  Maria Cristina Sanches Amorim
cris.amorim@pucsp.br
55-11-4199-4299
 

Situação 
Matrículas encerradas
ID Curso Totvs 
217
ID Filial Totvs 
1
Matriz Curricular 
Última atualização: 18/10/2017

Conecte-se à PUC-SP